loader

O Projeto

Formar Mais é um projeto de formação que tem por objetivo contribuir para o aumento das qualificações profissionais da população ativa portuguesa, promovendo o crescimento pessoal e competitividade do mercado de trabalho.

O projeto tem enquadramento na tipologia de intervenção 1.08 Formação Modular para Empregados e Desempregados, no âmbito do Programa Operacional Inclusão social e Emprego (POISE) do PORTUGAL 2020.

Promove a realização de ações Modulares Certificadas, estruturadas sob a forma de unidades de formação de curta duração (UFCD) de 25h ou 50h, desenvolvidas de acordo com os referenciais previstos no Catálogo Nacional de Qualificações, em observância com a legislação nacional.

Beneficios

Benefícios

- A participação nas ações de formação do Formar Mais contribui para o enriquecimento pessoal e profissional dos participantes

- A frequência das ações é gratuita

- Para os participantes que cumpram a percentagem de assiduidade (90%) exigida e tenham aproveitamento na ação, é atribuído:

Subsídio de alimentação no valor de 4.77€ por dia, nas sessões com 3 ou mais horas em horário pós-laboral

Certificado de Qualificações que traduz formalmente a aprendizagem alcançada

Carta de Competências com a indicação das competências desenvolvidas ao longo da ação

Quem pode participar?

- Ativos empregados

- Desempregados há menos de um ano, com habilitações iguais ou superiores ao ensino secundário

- É dada prioridade aos participantes provenientes de Centros Qualifica

Inscrição

Para confirmar a inscrição nas ações, é obrigatório a apresentação da seguinte documentação:

– Certificado de Habilitações
– Comprovativo bancário onde conste IBAN da conta de que seja titular (fotocópia caderneta, extrato bancário, …)

Se empregado:
- Comprovativo de situação de emprego: cópia de recibo de vencimento do mês anterior ao mês de início da ação de formação, ou declaração da entidade empregadora, ou declaração da Segurança Social
- Comprovativo de horário de trabalho

Se desempregado:
- Comprovativo de situação de desemprego: declaração do IEFP, ou declaração da Segurança Social acompanhada de declaração do próprio/a formando, atestando que está à procura de emprego e desde quando

Consulta as nossas formações aqui

Inscrição

Os nossos parceiros



O Formar Mais tem estabelecido diversas parcerias com Empresas, Autarquias e Associações, o que permite, desde logo, uma maior proximidade às populações e aos destinatários deste projeto.

Com estas parcerias, o Formar Mais consegue, não apenas alcançar mais facilmente um grande número de população menos informada e menos sensível para estas oportunidades, mas também contribuir ativamente para alcançarem enormes benefícios da sua participação e potenciando a empregabilidade da população ativa, não apenas dos desempregados Não DLD (Desempregados de Longa Duração), mas também dos empregados, incluindo os que se encontram em risco de desemprego, através do aumento da sua adaptabilidade por via do desenvolvimento das competências requeridas pelo mercado de trabalho.